Magazine A!

SURPREENDENTE GUATEMALA

Por Marcelo Sampaio | @garimpando.life

Nunca tinha pensado em garimpar por essa parte da América Central.

Quando não tenho perspectiva alguma é justamente ali que todas as surpresas acontecem.  Uma jornada simplesmente indescritível repleta de cores, aromas, arte e misticismo. 

O trajeto de São Paulo até a Cidade da Guatemala tranqüilo com o todo o expertise da Companhia Aérea Avianca em conduzir-nos da melhor e mais elegante forma, fez toda a diferença.

Foram 3 os destinos, completamente diferentes um do outro,  cada um com seu charme, sua bossa, seus valores, seu estilo de vida próprio.

Primeiro Antígua, uma cidade histórica híper preservada, frente a poderosos vulcões e repleta de pessoas sorridentes. O artesanato um deslumbramento, a gastronomia surpreeendente e a hotelaria inexplicável. Musica pelas ruas, festas, TUDO é alegria.

Ficar hospedado no Hotel El Convento foi uma experiência sensacional. Babei em todos os sentidos. Um lugar com um cuidado único e com um staff treinado para entregar-nos o melhor do melhor. Meu apartamento com um conforto além do normal e com uma décor muito local e altamente sofisticada. Fomos recebidos com docinhos preparados pela mais antiga doceira do país chamada Maria Gordillo, a poucos metros de nossa hospedagem. 

Por sinal a Confeitaria Maria Gordillo, já com mais de 150 anos e pilotada pela 5ª geração, emocionou-nos com sua história e suas apetitosas guloseimas.

Atenção Antígua e El Convento: Logo logo retorno para curtir mais por aí. Podem esperar.

Meu segundo destino foi Santa Catarina, duas horas e meia distante de carro por entre estradas curvas e montanhas. De frente a um lago gigantesco, com vilarejos pitorescos nas margens opostas, fomos recebidos como reis no charmoso e colorido Casa Palopó Hotel. Uau, que vista é essa de todos os lados e principalmente de meu quarto? Esse hotel une arte e artesanato em todos os cantos. Logo de cara dei de frente a um lounge lindíssimo, muito bem decorado, com uma gigantesca tela de Fernando Botero, grande artista colombiano.

A Casa Palopó reconhecida internacionalmente, encanta o tempo inteiro e uma relaxante massagem nos pés e um delicioso drink a base de   

Melancia, Limão e Mel foram oferecidos bem na chegada. 

Vivemos dias especiais nesse local e ali tivemos uma das mais incríveis e mágicas experiências místicas: participar de uma cerimônia religiosa maia conduzida por um celebrante autêntico e local, da mesma forma como faziam há milênios atrás. Obrigado Deus por essa oportunidade. Que força envolvida!

Nosso último destino, após uma hora e meia de avião até o norte do país foi a cidade de  Flores, onde entramos dentro da floresta, em ilhas cercadas por lagos até o arrasador Lodge Las Lagunas. Que lugar é esse? Um paraíso tropical com uma fauna e flora encantadoras. O Sol presente o tempo inteiro. Energia, energia, energia.

O hotel um verdadeiro oásis todo construído em madeira sem agredir o visual local. Pirei.

Um Spa delicioso, piscina de borda infinita frente a um lindíssimo lago e um quarto de tirar o fôlego de tão poético. Uma Jacuzzi para oito pessoas toda iluminada bem no centro de meus aposentos, de frente a floresta, convidava-me a momentos de relax total. Senti-me ali um verdadeiro deus maia.  Dentro do hotel o proprietário Sr. Edgar Castillo mantém a maior coleção particular de antiguidades maias do mundo. Um privilégio conhecer tamanho tesouro. Homens assim fazem a diferença ao preservarem a cultura nacional. Nesse mesmo hotel experimentamos uma gastronomia contemporânea com toques locais. Impressionante e diferente de tudo o que comemos nesses dez dias. 

Que grandes anfitriões os guatemaltecos e principalmente os fantásticos El Convento, Casa Palopó e Las Lagunas, cada um a sua forma, todos com tamanho profissionalismo valorizando verdades e culturas de seu povo.

Os sítios arqueológicos IximChe e Tikal foram presentes divinos a parte, onde pudemos entender o desenvolvimento de todo um universo maia onde o Sol regia a força e a vida.

Momentos que ficarão para sempre em minha memória e meu coração. Momentos que jamais imaginei viver e que daqui pra frente não terei como esquecer. 

Uma benção vinda de um universo antigo e distante mas ainda tão presente na alma de cada pessoa que ali habita. 

No nosso último dia de Garimpo pela Guatemala curtimos a capital e seus bairros culturizados e descolados. Um lugar chamou-nos muito a atenção onde almoçamos e passamos horas a fio sem querer sair: Mercadito La Esquina. Que charme, que mix de gastronomia sensacional, que prazer terminar assim uma jornada. Localizado na Zona 4 da Cidade da Guatemala o lugar realmente arrasa e vale como uma exemplar despedida em alto estilo. 

Aguardem por mim, logo logo estarei aí de volta!

 

Seguem algumas dicas:

 www.elconventoantigua.com

 www.casapalopo.com

 www.laslagunashotel.com

 www.tlportfolio.com

 www.avianca.com